terça-feira, 15 de maio de 2012

GREVE DE ÔNIBUS COMEÇA HOJE EM CAMPINAS


Protesto de motoristas deixa 160 mil pessoas sem ônibus em Campinas

Paralisação de trabalhadores da VB3 começou na manhã desta terça-feira.
Funcionário foi levado para delegacia após confusão em garagem


Motoristas e cobradores da empresa de ônibus VB3 paralisaram as atividades no transporte urbano na manhã desta terça-feira (15) em Campinas (SP). O protesto dos motoristas afeta 160 mil pessoas que usam as linhas da verde, que abrande as regiões do corredor Abolição, Amarais e Cidade Judiciária, São Bernardo, além dos distritos de Barão Geraldo e Sousas, segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). Ao todo, 281 veículos da VB3 estão parados.

A assessoria de imprensa da VB3 alega que a paralisação é um protesto contra um ato violento que ocorreu na manhã desta segunda-feira na garagem da empresa. Por volta das 4h, funcionários e representantes do Sindicato dos Transportes Rodoviários da região de Campinas foram até o local para pedir a adesão dos trabalhadores para uma greve marcada para começar nesta quarta-feira (16).

Um funcionário, identificado como Fábio, que tenta fundar um outro sindicato, ficou incomodado com a presença dos sindicalistas e iniciou uma discussão. De acordo com a polícia, houve luta corporal e o trabalhador foi agredido. O óculos de uma cobradora também foi quebrado. Em resposta à agressão, os motoristas e cobradores decidiram paralisar as atividades.

A VB3 informou que repudia a paralisação ilegal dos motoristas e cobradores e que lamenta o ocorrido na garagem. A empresa informou que deve se reunir com o Departamento Jurídico para estudar quais medidas serão tomadas em relação ao movimento. A VB3 também vai registrar boletim de ocorrência sobre o fato.
Já o presidente do Sindicato dos Transportes Rodoviários da região de Campinas, Matusalem de Lima, alega que os sindicalistas estiveram na garagem apenas para informar os funcionários sobre a greve prevista para terça-feira, o que, sgeundo ele, tem sido um procedimento normal feito em todas as empresas. O presidente do sindicato afirma que foi surpreendido pela reação do funcionário e nega que houve agressão física contra ele. Matusalem de Lima diz ainda que é contrário a paralisação desta terça-feira.
A Emdec remanejou veículos das áreas Azul, Vermelha e Azul Escuro para atender as linhas prejudicadas com a paralisação. A VB3 é uma das quatro empresas que operam a Área 3 do Sistema InterCamp. Os ônibus das outras três empresas que também atuam na área verde circulam normalmente. Esta é a segunda vez que funcionários da VB3 paralisam as atividades em menos de uma semana. Na quinta-feira (10), 85 mil passageiros foram afetados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário